sexta-feira, 12 de setembro de 2014

um pouco de nós

Vamos guardar o que for bom. e levar um sorriso sincero no rosto. aquela paz no coração e deixar vir o amor. Levemente como a brisa, solto como uma velha folha caindo da copa no inverno. Voa leve com o coração quente sob abraços fortes voando longe nas brisas frias. Esse abraço que imagino guarda dois sorrisos, dois corações, e não se soltam, são dois que amam olhado nos olhos, apenas flutuando no universo de sentimentos, abraçados, sorrindo, juntos, colados testa com testa e olhos nos olhos, nariz colados e sorrisos largos. Flutuaremos até onde Deus permitir que essa folha flutue. E eu vou te amar quando pousarmos em uma gramado verde ou onde for, rolando pela terra, ou flutuando sobre as águas.

Danilo Fajardo 12/09/14 meia noite

quarta-feira, 16 de julho de 2014

ELA

vc eh uma pessoa que acalma meu coração, inspira escrever belas palavras, e que sejam sempre palavras inspiradas pelos bons sentimentos, que a poesia vire rotina e a felicidade percorra nossas veias como o sangue que nos fá vida.  se eu pudesse escreveria sempre. sempre. sempre. Sempre! pois a cada palavra que derramo aqui, vai enchendo nossos corações com a esperança de quem sabe que a paz de uma boa companhia  vale o tempo e a distância e a espera por longo dos tempos. amo vc!

Danilo Fajardo


quarta-feira, 9 de julho de 2014

Vamos viver, Vamos Sonhar!

Vamos viver, Vamos Sonhar!
e se nem os sonhos são capazes de perseverar o que a vida tem de bom pra nós, então deixaremos leveza da brisa da vida trazer o que for bom e levar o que não é. E que essa simplicidade seja cativante a ponto de superar as expectativas da alma, mas que vivamos sem expectativas, sem medos, vivamos sem superstições e sem viajar em ideias mirabolantes de uma pessoa certa ou almas gêmeas. O que precisamos é acreditar que tudo que precisamos é de amor próprio, de seguir em frente para realizar o que queremos de melhor para nossas vidas e seguir nossos caminhos amando o que há de melhor para nós: a Amizade, as boas conversas, as boas experiências da vida, a fé e o equilíbrio...

Danilo Fajardo Escritor



terça-feira, 8 de julho de 2014

Corações partidos

em mundo perdidos de corações partidos
Jaz o meu, finado, corroído desiludido
onde espera um carinho bom de sorrisos.
para bater firme, é o que preciso.
um mundo difícil onde não sabemos amar
vagamos pelo vale das sombras procurando a porta para entrar
sozinho sempre na procura, mas sei que do outro lado, alguém vou encontrar
peço desculpa se me desviei...
nem todos os caminhos eu sonhei
vivi pesadelos para aprender
mas um dia eu sei que vou te conhecer
vivo hoje minha dor...
e pra você, guardei meu amor

Danilo Fajardo

Paixão

nosso suor escorre suavemente pela pele
e o ritmo suave uma lagrima e silencio com sorrisos, FELICIDADE!
a sedução vem em coração quente,
derramando paixão pela pele
e nossos rosto escorregam entre si...
olhares, sem palavras declaradas e todos ouvem nosso silêncio ardente de sedução
coração chamando. amor derramando em paixão
paixão que transpira nos olhos.que acalma em carinho
e dorme num abraço

Danilo Fajardo

sexta-feira, 4 de julho de 2014

Acróstico, Danilo, Regina e Jacqueline - Amor, mãe!

Do amor que aprendemos a viver.
A história da vida começa pela mãe.
Não falta carinho desde seu ventre
Ignorando tudo e todos por amor ao filho
Lentamente descobre que é uma vida para o mundo e não para si.
Obvio isso, mas seu instinto sempre será esse

R
ealmente, mãe, queria ficar pra sempre ao seu lado
E queria que você soubesse que te amo
Gostaria que fosse eterno, mas...
Imagine como isso seria
Não acha que eu ficaria muito mimado?
Agora, não quero que fique triste

J
á
que a vida é assim, e você sabe disso.
A minha história aqui está só começando.
Como no meu primeiro passo quando bebe
Quero dar meu primeiro passo como homem
Ultrapassar todos os limites
E conquistar meus sohos
Lembrando que nunca te esquecerei
Isso tudo não é o começo do final.
Nem o final do começo
E nossa história de amor, Mãe e filhos, será eterno.

Danilo Fajardo

sexta-feira, 27 de junho de 2014

Nossas escolhas fazem a diferença

as vezes, chegamos em um ponto da vida que percebemo que nossas escolhas do passado podem se voltar contra o que queremos para o futuro. E quando observando que, o que fizemos no passado é motivo de boas colheitas, é o momento que desejamos sermos melhores Hoje e sempre

 Curte  Danilo Fajardo Escritor


Teu Cheiro

preciso fazer seu cheiro grudar em meu corpo
entender o que seus olhos só dizem pra mim
atracar em seu corpo sentindo seu cheiro
num lugar bom pra te beijar, num jardim
ou algo assim onde possa te abraçar
acariciar seus cabelos e seu rosto
trazer você pra bem perto de mim
te morder e sentir o seu gosto
de modo que te faça sonhar
dizendo que te quero sim
sussurrando baixinho
"me da seu carinho
um beijo gostoso
bem carinhoso
comigo agora
trilha sonora
você e eu
sozinhos
carinho
você
e eu
..."

Danilo Fajardo  - Copyright

terça-feira, 13 de maio de 2014

- O MOINHO -

Bom Dia Povo de Deus recém acordado!!!

A insônia tá Cruel e eu passei a noite fazendo essa Ilustração

Danilo Fajardo (13/05/2014)

 - O MOINHO -
Ilustração: Corel Draw X5
Finalização: Photoshop CS5

E aqui vai uma pequena poesia pra finalizar essa noite em claro

"A vida Flui calmamente diante das mais belas primaveras. O café passado no forno a lenha que aquece daquele friozinho de quando o galo canta. O Doce orvalho na cadeira de balanço de cedro amolece o coração do campineiro que olha para o futuro com esperança e misericórdia. Sentindo o cheiro do mato molhado misturado com seu café quente observa ao horizonte seu cavalo marrom à sua espera. Suas mãos são aquecidas pela xícara quente alimentando seus pensamentos com palavras doces e promessas de um futuro bom. Com um leve assobio seu fiel amigo se aproxima galopando cadenciado, Ajeita o chapel sai e monta-o. E ambos saem em direção de mais um por do sol com o coração quente em uma manhã fria em busca pão nosso de cada dia."

Bom trabalho e, mais uma vez... Um Ótimo Dia!


sábado, 26 de abril de 2014

Trêmulo

Um simples botão de rosa não vai fazer-te entender tão imenso meu sentimento por você. Nem a mais bela poesia fará que entenda como meu coração bate por você, nem mesmo se eu pudesse toca-la eu poderia expressar todo esse amor guardado dentro do meu coração pra você. 'O que meu olhar diz Emerge das profundezas dos meus sentimentos desde o momento que te olhei nos olhos a primeira vez. Aquele olhar doce e ingênuo com um sorriso largo e sincero que foi tocando meu coração a cada momento de alegria. Suas delicadas, úmidas e quentes mãos fazia meu corpo estremecer quando tocava em meus rosto. E no calor do inverno, seus braços envolviam meu corpo até que seu cheiro ficasse em mim num requinte com dose de paixão.' E se fosse real toda essa fantasia, apenas tocaria seu rosto delicadamente com minhas mãos tremulas fitando seu olhar mesmo que fosse apenas para ver seu breve sorriso.

 Danilo Fajardo